Rádio Digital: um despertar do rádio para o mundo dos bits

30 07 2007

 

Em setembro, leitores, nós daremos mais um passo importante á caminho do mundo da digitalização e da Alta Definição. Nesse mês o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinará o decreto que institui o novo padrão de rádio digital no país, que será basicamente americano, com o sistema IBOC e terá espaço para o padrão europeu DRM nas curtas frequências.

Já faz mais ou menos 2 anos que as emissoras vêm fazendo testes com o novo padrão. Os avanços da nova era do rádio digital são significativos: á partir já desse ano, você poderá ouvir rádio AM com qualidade de FM e as populares rádios FM serão ouvidas com qualidade de CD. Haverá ainda espaço para transmissão de textos com informações diversas, como previsão do clima, informações sobre o trânsito, nomes do artista e da música, entre outras inovações. Além disso, o que eu acho mais interessante, além da qualidade do áudio, será a possibilidade de multiprogramação, onde uma emissora poderá ter simultâneamente 4 ou 5 sinais de áudio. Isso pra mim é a melhor inovação do rádio. Isso também será possível na TV Digital, porém, para essa tecnologia existem algumas polêmicas e avanços regulatórios específicos. Agora, imaginem vocês ouvindo a suas rádios preferidas, podendo escolher entre conteúdo exclusivo de músicas, ou um programa informativo, outro sobre esportes, etc! Seria possível, por exemplo, pra quem gosta de esportes, que uma emissora transmitisse 2 jogos diferentes, com informações em texto, mais 2 programas de áudio. No caso da TV Digital, por exemplo, seria possível a transmissão com qualidade de DVD – que, em se tratando de TV Digital e o mundo da Alta Definição, significa qualidade padrão – de 4 canais simultâneos. Durante o PAN isso seria simplesmente a síntese do que é realmente a melhor programação. Com a qualidade satisfatória do DVD a Rede Globo, por exemplo, poderia colocar no ar a sua programação regular, sem nenhuma alteração, no canal 4a. Já a programação do PAN, 24 horas por dia, estariam no canal 4b. Toda vez, por exemplo, que a seleção brasileira entrasse para competir, um aviso ou até um video Pop up poderia mostrado no canal 4a anunciando a competição. Num terceiro canal, por exemplo, uma programação jornalística voltada pro PAN, com os melhores momentos e até reprises. Todas essa possibilidades são perfeitamente aplicadas ao sistema de rádio digital, com a diferença, claro, de se tratar primariamente de áudio.

Sim, eu disse “primariamente”. Não por se tratar das opções de textos que o nosso rádio terá, mas sim, por uma revolução misteriosa: o vídeo no rádio! Algumas coisas que eu li a respeito dão conta de que vídeos poderão ser transmitidos com essa nova tecnologia. Claro que o rádio não se transformará numa cópia da Tv Digital. Será um novo modelo, uma nova opção, que ainda não está clara pra mim.

Hoje, (30/07) O Globo publicou na capa do caderno de economia uma matéria sobre o rádio digital. Vejam alguns trechos:

“(…) o ouvinte poderá se beneficiar da multiprogramação, uma vez que cada emissora terá quatro canais à disposição. As revoluções causadas pela mudança não param aí. O visor dos aparelhos serão verdadeiros letreiros digitais, que poderão transmitir notícias, previsões do tempo e outras informações complementares. O consumidor brasileiro — assim como já ocorre nos EUA e na Europa — poderá contar também com a rádio por assinatura, por meio de freqüências fechadas de ondas curtas (OC).

O sistema OC de rádio digital é capaz de mandar um sinal perfeito a mais de 3 mil quilômetros de distância.

— Uma emissora sediada em Brasília cobriria a América do Sul inteira.

A tendência é que o comitê encarregado de estabelecer o padrão a ser usado e o modelo do negócio escolha um sistema híbrido: o americano (Iboc), preferido dos radiodifusores, para FM e AM e o europeu (DRM) para ondas curtas. Formado por representantes do governo, das emissoras e da sociedade civil, o comitê se reúne nesta quarta-feira.

O novo sistema em detalhes

DIFERENÇA ENTRE RÁDIO DIGITAL E ANALÓGICO

Na radiodifusão tradicional (rádios AM e FM), a informação é transmitida na forma de sinais analógicos. Com o rádio digital, os sinais de áudio são digitalizados antes de serem transmitidos, o que torna possível obter melhor qualidade de som e aumentar o número de estações e de produtos.

COMO FUNCIONA A TRANSMISSÃO

A O som gravado em estúdio ou armazenado em computadores é enviado a uma antena B Sinais digitais são transmitidos de antenas, no mesmo sistema dos celulares. Como consomem muito menos energia, é indicado que receptores sejam integrados a outros aparelhos, como TV e celulares. Isso pode representar a volta do rádio de pilha C Como o sistema é digital, ou ele pega perfeitamente, ou não pega. Não haverá mais a interferência em túneis, subsolos, estradas ou mistura de emissoras D Como a freqüência da rádio digital tem potência muito maior, uma única antena pode alcançar aparelhos receptores a longas distâncias. Para incentivar o uso do sistema, o governo quer estimular as montadoras a vender veículos com rádios digitais a partir do ano que vem.

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS

O som da AM passará a ter qualidade de FM, sem interferências, e as FM terão qualidade semelhante à dos CDs • A tecnologia digital permite a compressão dos sinais de voz, abrindo o canal de rádio para a transmissão de dados como textos e imagens • Receptores transmitem vídeo e texto. O ouvinte tem acesso a informações complementares, como cotações, previsão do tempo e notícias de trânsito • O rádio digital permitirá a transmissão de até quatro programas simultâneos, na mesma freqüência, para públicos diferentes, como diversos jogos de futebol ao mesmo tempo • Cidades com o dial saturado, como Rio e São Paulo, poderão ter novas emissoras • Fim da escuta clandestina em sistemas fechados, como o da Polícia.”

Preparem seus ouvidos para essa revolução.


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: