Serra sugere “trem meio bala”

1 09 2007

Um trem como esse só pode dar vazão a todo o potencial de desenvolvimento da região se houver paradas no meio. A viagem de ponta a ponta não é interessante. As paradas, provavelmente, reduzirão a velocidade do trem. Talvez nós devêssemos ter um “trem-meio-bala”. Não totalmente bala. Tudo isso precisa ser convenientemente analisado – destacou Serra.”

Eu acho que ele tem razão, sim, em querer expandir o potencial econômico gerado por essa ligação ferroviária. Porém, há de se convir que num projeto dessa magnitude, existem soluções coexistentes. Eu acho que alguns trens, em alguns horários deveriam fazer a ligação de ponta a ponta, sem nenhuma parada. Digamos, por exemplo, de 1 em 1 hora entre 7 da manhã e 7 da noite. Poderiam facilmente serem construidas techos que desviassem dos trilhos das estações e o trem continuasse em alta velocidade até chegar ao seu destino final.

Acho que pode haver 2 projetos. O que não vai poder é transformar um trem que tenha tecnologia para rodar a 360km/h num trem que rode á metade disso. Para isso façam investimentos menores.

Anúncios

Ações

Information

4 responses

2 09 2007
Marcus Roberto

Ah, fala sério… se for pra ficar a “meia-bomba” nem precisa fazer porcaria nenhuma. A França faz de cidade para cidade, o Japão também… porque o Brasil tem que fazer um trem bala “parador”?

2 09 2007
Quintino

Concordo, poderia ter em certos horários um trem parador, mas se for para ser todas as viagens o trem se torna inútil, já que ele concorre diretamente com a ponte aérea.

23 01 2008
Diogo

Aqui no Japao o trem bala tem tres servicos: Hikkari, Kodama e Nozomi. O Kodama eh o trem bala local. Faz paradas em todos os pontos entre Toquio e Osaka. O Hikari faz paradas apenas nas cidades grandes do trajeto, como Nagoya, Hamamatsu, e Kyoto. O Nozomi vai de Toquio a Osaka parando apenas em Nagoya e Kyoto. O amior sucesod e publicoe critica eh o super expresso Nozomi. Mas os tres servicos circulam pela mesma linha (A JR shinkansen tokai) ao emsmo tempo: as estacoes que tem paradas nos servicos mais lentos tem simplesmente quatro trilhos: os externos para os Hikkari pararem nas estacoes menores e os internos para os Nozomi seguirem seu caminho rapidissimo ate Toquio. A diferenca de tempo de viagem e preco nao eh grande. Nem de conforto.

Mesmo no Kodama “lentao” de mais de 300km por hora, a viagem eh mais rapida do que de aviao, ja que para voar eh preciso ir ate o aeroporto fora da cidade, chegar com uma hora de antecedencia voar, esperar o taxi, desembarcar e ir ate o centro da cidade de destino apartir do aeroporto lonjao. Eu ja cheguei a viajar de nagoya ate toquio chegando na estacao central da cidade com dois minutos de antecedencia do horario do trem. sem nem me apressar.

23 01 2008
Thyago Miranda

Diogo!

Gostei do que você falou aqui no comentário. Realmente uma saída inteligente para o caso: dividir a mesma linha em serviços diferentes, com os trens fazendo o mesmo percurso, porém, com serviços expressos em 1h e meia, e outros de até 3h, por exemplo. Acho, inclusive, que essa seria uma grande e maravilhosa oportunidade pra oferecer algo que não existe no Brasil e que impulsionaria o turismo local:

pelo preço da passagem que toma mais tempo e pára em todas as estações, o passageiro poderia de parar em qualquer cidade no caminho, sob um número limitado ou não de cidades, e ficar alguns dias em cada uma delas, pegando o próximo trem pra continuar o destino, sob condições de disponibilidade de assentos, porém, sem custo adicional algum para o usuário. Não seria maravilhoso?!

Antes de mais nada, isso seria uma revolução no turismo brasileiro, e pra isso, não precisa de trem bala: eu amaria viajar nessas condições seja de trem comum, ou até mesmo de ônibus.

Maravilhoso, não?!

Volte mais vezes Diogo, pra nos contar como funciona o turismo e o transporte no Japão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: