Bicicletas – Uma mudança de hábito

3 11 2007

Bertrand Delanoë criou o VELIB e pôs Paris sobre duas rodas – num projeto maravilhoso. O Rio de Janeiro, de modo um tanto diferente, quer alcançar o mesmo objetivo. E a idéia central é trazer ao cidadão uma nova perspectiva de uso de transportes de massa para grandes distâncias aliado á bicicletas para curtas distâncias.

Essa é a idéia central de um debate realizado entre órgãos poderosos que regulam o sistema de transporte de nível estadual e federal. Chamado de “Rio de Janeiro – O Estado da Bicicleta”, o projeto que está em desenvolvimento pela Secretaria Estadual de Transporte visa criar facilidades aos usuários de bicicletas e com isso atrair novos usuários. Parte dessa nova gama de facilidades é a criação de bicicletários em terminais de ônibus, estações de barcas, trens e metrôs. O projeto, ainda em elaboração pelos idealizadores pode ser aprovado já em Dezembro.

Eu acho que esses bicicletários deveriam ser instalados em outras localidades, além de terminais de transporte. Algo como um bicicletário a cada 1 ou 2 km numa região, ou algo mais próximo. Havendo conscientização do usuário e uma reeducação de trânsito, acho que o Rio de Janeiro tem tudo pra se tornar, não só a maior malha cicloviária do país que já é, mas, a mais bem usada também!


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: