2014 – 6 anos e meio pra alavancar o Turismo

6 11 2007

Um dos mestres do assunto viagem na blogsfera brasileira, também colunista da Revista Época, publicou na íntegra em seu blog o texto que ele escreveu na última edição da revista. Pra quem não sabe de quem eu estou falando, é o Ricardo Freire, do Viaje na Viagem.

Esse é um texto recomendado aos conspiradores de plantão, aos ativistas da entidade fracasso-certo, que profetizam inúmeras possibilidades pessimista a qualquer coisa que o país produza. E com inteligência e otimismo o Freire mostra como é possível que façamos a melhor Copa do Mundo sim. Após a Copa da Alemanha um novo paradigma foi ditado às cidades-sede sobre como receber e festejar a chegada dos torcedores e realização dos jogos. Criou-se, então, o modelo Copa+Carnaval durante os jogos, modelo que tem deverá ser aplicado facilmente na África do Sul, em 2010. Portanto, que outro país há nesse planeta pra fazer o maior e melhor carnaval do mundo e ainda ter a fácil missão de organizar e dar vida a uns joguinhos de futebol? Conhece algum que faça melhor que o Brasil? Acho que não… E como não poderia esquecer, o próprio Freire diz mais ou menos nessas palavras: “teremos seis anos e meio pra fazer o que fazemos em menos de um ano e é o melhor do mundo!” Com todo esse tempo, alguém duvida que teremos o melhor carnaval de TODOS OS TEMPOS?

“Há muito que ser feito, e seis anos passam rápido. Mas para quem faz o Réveillon de Copacabana, uma Copa do Mundo é fichinha” por Freire, no Viaje na Viagem


Ações

Information

3 responses

6 11 2007
Quintino

Thiago,
citação mais do que perfeita!

6 11 2007
Thiago Velloso

Sinceramente eu não achei a comparação válida… =/

Uma Copa do mundo não deveria ser comparada ao reveillon de Copacabana. É como dizer que a Bahia está apta a sediar os jogos olímpicos pq faz aquele carnaval gigantesco.

Abraço Thyago!

6 11 2007
Thyago Miranda

Bem, o Rio é o único lugar do mundo que faz anualmente uma festa pra quase 3 milhões de pessoas na maior ordem, animação e bebedeira. Além disso, em que outro lugar do mundo em menos de 24 horas passadas as 2 / 3 milhões de pessoas você volta ao local e não encontra um vestígio de toda aquela quantidade de gente?

É um exemplo de como funciona, mesmo com as pendências e imperfeições, o transporte carioca, a COMLURB com esse brilhante trabalho em tempo recorde, o cidadão que desce da favela, que desce do apartamento, da cobertura pra pular onda e jogar oferendas, que vem Niteroi, de São Gonçalo, da Bahia, de Minas, da Argentina, da Europa.

Esse é só o nosso evento maior, anual, símbolo nosso que japoneses e chineses já vieram em delegações de seus países aprenderem com o Rio de Janeiro a arte de realizar grandes eventos e limpar a casa.

Acho que o Reveillón faz sentido, sim, como um bom índice comparativo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: