Ligação marítima da Barra ao Centro: um filme antigo…

8 12 2007

O jornal O Dia publicou hoje uma matéria que anuncia as “novas” armas dos transportes para 2008, uma matéria até interessante para alguns desavisados. Claro que algumas coisas podem sair do papel, mas, outras, já são promessas há muito, muito tempo.

A imagem “https://i1.wp.com/odia.terra.com.br/rio/foto/07/12/08_lancha.jpg” contém erros e não pode ser exibida.A principal notícia, que foi inclusive capa dessa edição, anuncia o projeto da construção da ligação hidroviária entre a Barra da Tijuca e o Centro, indo ainda mais longe declarando a existência de projetos onde fariam as ligações também com Angra dos Reis, Ilha Grande, Mangaratiba e Região Oceânica de Niterói. A julgar pela ambição do projeto, denota-se um grande interesse dos governantes á respeito do desenvolvimento dessas modalidades de transporte na nossa região. Mas, as coisas não são bem assim “tão novas”.

Durante a gestão Rosinha Mateus, em 2 de julho de 2002, o então secretário de transporte do Estado, Raul de Bonis, apresentou alguns estudos que viabilizariam a via e ainda declarou que a opção das barcas é a mais acessível para o governo, pois a natureza já ‘construiu’ a via de circulação que é o mar” e foi mais além, dizendo que as empresas privadas têm se mostrado favoráveis ao projeto e estão dando o apoio necessário para a operação marítima.”

Já em 2003, o mesmo governo gerido por Rosinha, entregou um belo e complexo estudo acerca dos transportes na região metropolitana do Rio, entitulado de PDTU – RMRJ (Plano Diretor de Transporte Urbano da Região Metropolitana do Rio de Janeiro), onde tais ligações marítimas já eram previstas, além de novos terminais marítimos em Botafogo, São Gonçalo e Galeão. O tal estudo, que se não tivesse ficado somente em âmbito hipotético, em sua plena e eterna teoria, teria realmente provocado uma revolução, uma reinvenção da mobilidade em massa na região carioca, caso fosse feito o que o mesmo estudo chamou de “Investimento Pleno” . Mais uma vez, os estudos foram programados e justificados como investimentos na cidade para que a mesma pudesse perfeitamente comportar a realização dos Jogos Pan-americanos 4 anos mais tarde.

Já em 11/04/2005 o Diário Oficial do Rio de Janeiro publicara o processo de licitação da operação da via com data de 08/04 do mesmo ano. O decreto, que pode ser visto nessa página, previa a conclusão das obras visando sua utilização durante os Jogos Pan-Americanos que ocorreu esse ano. Um decreto publicado num Diário Oficial é, digamos, o documento final, a assinatura que faltava para o cumprimento de determinadas metas, com prazos explícitos como forma de compromisso com o cidadão… Como podem constatar, o projeto não saiu do papel.

Hoje, 08 de dezembro de 2007, o Jornal O Dia publica essas generosas metas para o próximo ano, sob intenções declaradas pelo então secretário de transportes do Estado, Júlio Lopes, de preparar a cidade para a Copa de 2014 e os sonhados Jogos Olímpicos de ’16. Contudo, há uma sensação de possível cumprimento de determinados projetos. Declarações de Júlio Lopes podem ser encaradas tanto como as de alguém que tem confiança no que está fazendo, como as de um mero político ganhando terreno e postergando antigas promessas: “O secretário anterior usou um barco inadequado para o estudo de viabilidade da linha aquaviária. Passou-se a acreditar que a ligação não era possível. Estudos de marés feitos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro atestam as condições de navegação nesse trecho”.

Se não houver a insistente aparição do fantasma do Dejá-vù, alguns cariocas poderão enfim se beneficiarem de projetos definitivamente concluidos. Esperamos que seja no tempo previsto!


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: