Rio terá a primeira fábrica de semicondutores da América Latina

18 01 2008

Quem vinha acompanhando a lenga-lenga da TV Digital no Brasil, lembra que essa era uma das promessas do Governo Federal para o país, que definiria, a partir de um pré-requisito aos japoneses para a implantação do ISDB (padrão japonês de Tv Digital) o compromisso firmado por ambas as partes para uma, veja bem, possível instalação de uma fábrica de semicondutores.

Acabou que quem construirá a tão esperada fábrica será uma empresa americana. O Governo, numa atitude plausível, decretou em outubro do ano passado que abriria mão de todos os impostos federais, inclusive o imposto de renda, em favor da construção de fábrica(s) de semicondutores, que além de impulsionar e baratear o mercado interno de chips para Tv Digital, traria avanço tecnológico significativo ao país em diversas outras áreas que demandem alta tecnologia.

A Symetrix anunciou, para alegria de entusiastas cariocas, que erguerá sua poderosa fábrica, ao custo de US$1 bilhão, no Rio de Janeiro, mais precisamente no Parque Tecnológico do Rio, no Campus da UFRJ.

Um dos avanços que os semicondutores produzidos por essa empresa trouxe ao mercado de chips foi o cartão que funciona sem contato com a leitora, que identifica os dados do cartão por ondas de rádio. Você não precisa tirar o cartão da carteira para passar diante da leitora. A tecnologia da Symetrix já é utilizada nos trens, metrôs e carteiras de habilitação do Japão. Nesses cartões, conhecidos como smart cards, o chip não é aparente, e a memória que registra os dados é altamente resistente.

Voltando ao assunto Tv Digital, a fábrica a ser construída aqui no Rio, poderá construir qualquer tipo de chips, inclusive aqueles usados na Tv Digital, embora esse ainda não seja um dos planos iniciais da companhia, que previa apenas a fabricação de cartões e leitores, mas, que, antes de sair do papel, já cresceu para níveis de exportação de etiquetas inteligentes para os Estados Unidos e incluiu também a produção dos smart cards que eram comercializados pela Symetrix somente no Japão.

Fontes: ComputerWorld e Último Segundo

Anúncios

Ações

Information

5 responses

19 01 2008
Symetrix terá fábrica no Rio de Janeiro

[…] o Blog do Thyago Miranda, o Rio de Janeiro foi escolhido pela Symetrix, empresa americana de semicondutores que erguerá sua […]

27 06 2008
Demolidor

O rio não vai ser a primeira cidade a ter uma fabrica de semi-condutores da america latina a cidade de CARAPICUIBA já possui uma fabrica de semi-condutores a mais de uma decada o nome desta fabrica é SEMIKRON.

1 08 2008
Odigooogle™

Massa (sendo irônico) foi os japoneses terem passado o governo federal pra trás!
Como ainda “somos” ingênuos, acreditamos até em papai noel.

Tomara mesmo que sejamos capazes de dar a volta por cima, uma fábrica dessas, que fabrique chips de verdade, nos faz uma falta!!!!

29 04 2010
drica

Não é da America Latina, pois a semikron existe no Brasil a mais de 40 anos, e sim do grupo “Symetrix Corporantion”

4 12 2010
Cidade do Rio deverá receber fábrica de semi-condutores, Fábrica da Symetrix no Rio de Janeiro | Diário do Rio de Janeiro

[…] Outra boa notícia, essa foi trazida pelo Thyago do Digo, de acordo com ele o Rio poderá receber uma fábrica de semicondutores (os quais seriam […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: