Caçando as Pipas… Coisas do outro lado da Baía

22 01 2008

Pois é… realmente uma típica coisa desse outro lado chato, bem chato, digamos, um belo porre da Baía de Guanabara. Não bastasse esse lugar não ter tantas opções culturais como o Rio, o que não é nenhuma surpresa, afinal, a única cidade que faz frente ao Rio, é São Paulo, esse lugar aqui sofre de problemas cinematográficos.

Enfim, não bastasse esse probleminha, até contornável, Niterói ultimamente tem sido assolada pelo terror do cinema-bosta, cine-pipoca, blockbuster ou coisa assim. O “Caçador de Pipas”, por incrível que pareça, até faz sim o gênero blockbuster, embora seja um filme rodado com outro idioma, que não o inglês, ainda assim é uma cara produção norte-americana. Mas, o filme do Hassan não está em Niterói, assim como diversos outros filmes deixam de dar o ar de sua graça por essas bandas daqui.

“Se não for um filme acéfalo, não é visto” devem pensar os gerentes de cinema nessa região. O estranho é eles definirem essa visão grosseira justamente pra cidade de Niterói que é intensa consumidora de cultura. Numa cidade como São Gonçalo, por exemplo, infelizemente, até que esse pensamento faz sentido no único cinema da cidade, mas, Niterói?

Acho que já deveriam ter cortado as asinhas do Cinemark Plaza Shopping! Sua programação não é tão boa assim… Cadê o grupo Estação em Niterói hein!?





Globo de Ouro arruinado pela greve… Será que vai sobrar pro Oscar?

8 01 2008

As coisas estão indo de mal a pior na terra do cinema. Depois de eu ter sofrido com algumas de minhas séries favoritas sendo encurtadas, como Heroes tendo na sua segunda temporada somente 11 episódios, ao passo que na primeira foram mais de 20, agora, corro risco de não assistir ao Oscar!

O Globo de Ouro já foi pro buraco… Com a greve do Sindicato de Roteiristas de Hollywood, agora apoiada pelo Sindicato dos Atores, a tradicional cerimônia do Globo de Ouro – que é um jantar até bem chatinho pra quem assiste, mas, tudo bem – vai pras cucuias e tem sua exibição sumariamente cancelada pela NBC, emissora oficial do evento.

O medo deles é que haja momentos constrangedores de palco e platéia vazios durante a entrega dos prêmios, uma vez que os atores sindicalizados foram convidados a se ausentarem do evento, por parte do comando do Sindicato.

Essa coisa ainda vai longe. Eu apoio, pacificamente, oportunidades e movimentos pra que sejam discutidas melhorias de condições trabalhistas e afins, mas, dessa vez eles estão pegando pesado. Pra quem estava com medo de que o Sindicato estivesse cutucando onça com vara curta, me parece mais que as onças da parada são os próprios grevistas, que não estão deixando barato!





Quinta no Cinemark: Ingressos a R$ 4

23 10 2007

Como não há muito o que dizer além de APROVEITE, a única coisa que posso colocar aqui é o básico mesmo.

“Os quatro complexos* Cinemark no Rio de Janeiro e em Niterói vão participar da promoção “Quinta no cinema”, esta quinta-feira, dia 25, cujos ingressos custarão R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia-entrada). Todas as sessões e todos os filmes terão este preço especial.”
(*) Cinemark Botafogo; Cinemark Downtown; Cinemark Carioca; Plaza Shopping Niterói.

Fonte: O Globo

É sempre bom lembrar que no Rio de Janeiro menor de 21 anos paga meia-entrada!





O Incrível Hulk será gravado no Rio de Janeiro

17 10 2007

Deu no Omelete, e parece que a fonte é confiável: sequência da série do homem verde, o Incrível Hulk será gravado numa favela carioca. Detalhe: a mesma favela onde foi gravada a novela Vidas Opostas, a Tavares Bastos, no Catete. O motivo pela escolha dessa comunidade é, claro, pela sua segurança. Só que outro detalhe conta a favor dessa favela: ela é bem emblemática. Digamos que, juntandos vários fatores positivos ela ainda tem um ícone carioca descortinado à sua frente: o Pão de Açúcar!

Na verdade, a notícia não é nova. Vários sites já tinham publicado o boato em maio desse ano. Porém, agora está confirmado e o Omelete tem os detalhes da gravação que ocorrerá á partir de novembro.

Espero que o filme seja legal!





Versão completa da trilha sonora de O Retorno do Rei chega em Novembro

6 10 2007

Eu sabia que eu encontraria alguma boa e grande notícia, ao menos pra mim, quando eu voltasse pra casa e fuçasse a internet devidamente á vontade. E não deu outra: a grande novidade que eu acabo de encontrar na internet é que o poderoso, cultuadíssimo, aclamadíssimo Howard Shore marcou a data para o lançamento desse que é o grande acontecimento no mercado fonográfico voltado para filmes.

Com o lançamento do dia 6 de novembro, Shore conclui uma empreitada premiadíssima e por muitos apreciada que ditou novos rumos na forma como o mercado de cinema lida com a música dos filmes. Jamais, em toda a história do cinema, a música composta para um filme recebeu um tratamento como esse. Foram lançadas as trilhas durante o período respectivo em que cada filme estava no cinema, uma sinfonia foi criada e a turnê mundial ainda está na estrada, há 4 anos e, além dos cds contendo uma seleção das músicas do filme, um novo produto foi lançado: o Complete Recordings, álbum que traz as gravações completas de cada filme, distribuidas em 3 discos e com um disco extra, com o mesmo conteúdo, porém, em alta definição, ou seja, 5.1 canais de áudio pra apreciar a mais bela trilha sonora já composta. E tudo isso numa embalagem que contém um mini livro contando tudo sobre a respectiva trilha.

A imagem “https://i1.wp.com/www.howardshore.com/images/news/rotk_box_set_091207-300.jpg” contém erros e não pode ser exibida.Sendo assim, como desde 2005, ano a ano, ele concluia um novo álbum, agora ele termina com chave de ouro e traz para os amantes do cinema, de suas trilhas e do seu rico material composto para a trilogia do anel, a última e grandiosa parte de todo esse trabalho: O Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei. Se a trilha lançada no mercado, com 18 faixas já é impressionantemente emocionante, o que será, então, uma coleção de 4 discos com mais de 40 faixas dedicadas ao maior dos épicos já mostrados por Hollywood? Algo, no mínimo, de tirar o fôlego! Quem já viu a versão estendida do filme sabe que há muito material gravado e colocado nessa versão que merece ser ouvido. A sequência das “Casas de cura” tem uma música totalmente nova e que não está na versão original da trilha.

Que venha o 6 de Novembro!





Na carona do amigo: Tropa de Elite o filme

4 09 2007

O Quintino do Diário do Rio postou, eu comentei, e tive que trazer aqui, afinal, não se fala de outra coisa.

“Não é por nada, mas anda parecendo que aqui na cidade do Rio sou o único que ainda não viu Tropa de Elite! As cópias piratas se alastraram de tal forma que anda sendo mais comentado que qualquer blockbuster americano! Conheço várias pessoas que já viram 3, 4, 5 vezes… sem brincadeira…”

Pois é Quintino, você não é o único que não viu esse filme ainda não. Eu também não vi. Pelo simples motivo de não comprar filme pirata mesmo. Eu até baixo músicas, mas, sei lá, filme eu já não faço isso.

Quanto ao filme em si, ele parece merecer todo esse alarde mesmo! Sabe aquelas pessoas topeiras, que dizem logo “eu nem gosto de filme brasileiro (…)” – pelo jeito que a pessoa fala, nota-se que entender filme ela também não entende – “mas esse Tropa de Elite é muito bom”? Já me disseram isso várias vezes.

E eles sempre dizem essa frase antes de elogiar o filme. É como se eles tivessem vergonha de dizer que existe alguma chance remota de apreciar bons trabalhos brasileiros.

Tropa de Elite é O filme do ano no Brasil. Nem o homem-aranha entrou desse modo nas rodas de conversa. Quanto á data de estréia do filme, comentada no Diário do Rio, talvez não haja muito o que fazer mais não. É que o Festival do Rio será o palco de estréia do Tropa de Elite. Esse será o filme de gala que abrirá o Festival.

Uma coisa que me deu tristeza pelo trabalho do Padilha é que existe sim uma chance de que a bilheteria dele seja fortemente prejudicada pela pirataria. Raciocine comigo: quem, apreciador de pirataria, vê uma real vantagem do cinema frente ao seu “conforto” do lar, com a pipoca, cerveja, amigos e o poderoso botão ‘pause’? O público pirateiro não é bem o cinéfilo ansioso…

Que tudo dê certo! Esse filme promete. Estou louco pra ver!





Programação de filmes brasileiros do Festival do Rio é anunciada

29 08 2007

Aos poucos as informações sobre o maior festival de cinema da América Latina vai sendo liberada na internet. Ontem, por exemplo, descobri via noticiário do TelaViva (sobre telecomunicações) que um dos convidados VIPs que virá ao Festival é o homem por trás do primeiro processador Dolby 5.1, introduzido no cinema com o filme “Apocalypse Now” (1979). Michael Karagosian fará uma palestra sobre “Exibição Digital e em 3D”. O festival, além de ser um momento em que a cidade pára para receber centenas de filmes, promove também o maior encontro de mercado audiovisual do país. São diversas palestras e workshops com profissionais da área.

A programação que já está disponível é a da Premiére Brasil, que terá como filme de abertura, o Tropa de Elite, de José Padilha, que já fez uma estréia barulhenta na Uruguaiana e afins… Para conferir a programação, acesse o site do Omelete (o site do Festival do Rio ainda não foi atualizado). Lembrando que o festival ocorrerá de 20 de setembro á 4 de outubro.