Trem-bala chegará ao Brasil, unindo Rio e São Paulo

4 06 2007

 

Maria-Fumaça

Adeus à Maria-Fumaça – Os brasileiros viajarão de TGVs!

Dessa vez o que antes era mito, sonho irrealizável, se tornará realidade dentro de alguns anos. Segundo o Ministério dos Transportes e o jornal O Globo, o Brasil realizará em Agosto deste ano o lançamento do edital de licitação internacional para a construção da ferrovia de alta velocidade Rio-São Paulo. Durante muitos anos, porém, o brasileiro vem ouvindo histórias de promessas do Governo para trazer o trem-bala, mas, de acordo com a excelente ministra-chefe da Casa Civil Dilma Roussef, o argumento é simples e eficaz: “O custo será todo de quem vencer a licitação. Então, por que não fazê-lo?” A ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, foi a Roma na semana passada, onde se reuniu com representantes do Banco Internacional Europeu (BEI), um dos organismos financeiros interessados em participar da construção.

Apesar de a viagem de avião ser 40 minutos mais rápida, perde-se até uma hora e meia para embarcar. Assim, o passageiro do trem-bala chegaria mais rápido à capital fluminense. Ultimamente tem muito brasileiro perdendo muito mais que uma horinha e meia pra embarcar…

O trem de alta velocidade tem custo estimado de US$ 9 bilhões e sua implantação levará sete anos. A linha férrea sairá da Estação da Luz, no centro de São Paulo, e chegará à Central do Brasil, no Rio de Janeiro. O estudo de viabilidade revelou uma demanda de quase 33 milhões de passageiros em 2015. Inicialmente, não haverá escalas, mas o edital permitirá essa possibilidade. Uma delas seria uma conexão com outra linha que o ligaria ao Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo. O trajeto terá 134 quilômetros passando por túneis e 105 viadutos. De Guarulhos a São Paulo, haverá um trecho subterrâneo de cerca de 15 quilômetros. Veja os principais indicadores do projeto:

* Comprimento da linha – 403 km

* Velocidade máxima permitida – 360 km/h

* Tempo de viagem – 85 minutos

* Freqüência dos trens – 1 a cada 15 minutos

* Capacidade – 855 passageiros

Eurostar

É realmente fantástico que algo efetivamente desenvolvedor de um país esteja sendo preparado. Não que, de um dia para o outro, se tornará barato para o cidadão comum fazer passeios á São Paulo como um Niteroiense faz ao Rio. De maneira alguma. Ao custo de US$ 60 dólares a passagem, como proposto desde já pelo ministério, essa não seria exatamente uma revolução na vida da população. Afinal, a ligação Rio-São Paulo já é feita por preços bem mais em conta – porém ainda muito discutido entre os usuários – via ônibus. Hoje um cidadão carioca ou paulista visita a capital vizinha pagando em torno de R$ 60 o ônibus, ou, sem descontos na tarifa, algo em torno de R$ 160 num vôo Congonhas x Santos Dummont.

Agora, uma coisa há de mudar radicalmente: as passagens das empresas aéreas. Sim, se a passagem delas continuar custando R$ 160 por um vôo de 45 minutos, mas, havendo usuário pagando R$ 115 por uma viagem de trem de 1h e 25m, a guerra de tarifas irá aumentar bastante.

Quanto ao projeto em si, existem alguns dados interessantes: a velocidade colocada como limite pode até mudar, para mais ou para menos, porém, se comparado com o padrão francês de hoje, os 360km/h propostos no projeto brasileiro superam em 60km/h a velocidade dos trens em circulação hoje na França. Além disso, o trajeto Rio-São Paulo transformaria de uma só vez o Brasil no primeiro país das Américas á possuir trens de altíssima velocidade (acima de 300km/h) e, com os 403 km de extensão, correponderia hoje a 1/3 de toda a malha francesa de trens-bala, os TGV (Train à Grande Vitesse), que hoje em 2007 possuem extensão de 1200 km. Claro que a malha ferroviária francesa é muitíssimo maior que isso, afinal, os TGV são apenas um dos serviços ferroviários de passageiros oferecidos por lá, como os InterCity e os trens de velocidades mais baixas que os TGVs que conectam os países da União Européia.

Sinceramente espero que isso estimule o crescimento da malha ferroviária brasileira. Seria um sonho pra qualquer brasileiro ter uma extensa conexão ferroviária que ligasse com trens modernos de Fortaleza á Porto Alegre, numa “linha litorênea” e, em cidades estratégicas, “linhas continentais” indo em direção ao interior do país, como Brasília ou Goiânia. Outra coisa que seria extremamente produtivo ao turismo nacional, seria ter linhas fixas de transporte marítimo ligando cidades. O Porto do Rio de Janeiro poderia ter navios de passageiros com frequência diária para cidades como Angra dos Reis, Búzios, Macaé, Santos, Salvador, Florianópolis. São tantas as opções! Isso pra mim, seria definitivamente o amadurecimento das relações de poder do país com o total comprometimento ao desenvolvimento turístico nacional.

Ao menos, dentro de 8 anos poderemos ver os nossos TGVs, ou Thalys, circulando á cada 15 minutos. Ver num vôo de ponte-aérea o litoral carioca em final de tarde, é de tirar o fôlego, tal qual será ver a paisagem das serras e dos campos do sul fluminense vistas á 360 km/h.

Estação de TGV em Lyon - FrançaPena que as nossas estação não serão tão moderninhas assim né?

Anúncios

Ações

Information

77 responses

5 06 2007
Marcus Roberto

Cara, se esse edital realmente sair e as obras forem concluídas vou querer fazer uma viagem só pra ver como é e poder dizer: “já andei de trem-bala”… hehehe

5 06 2007
Thyago Miranda

Marcão, acho que, até lá, você já terá tido o prazer de andar numa coisa muito mais revolucionária, tal qual os Boeings X-33, ou num belo Airbus A380, e, além disso, o próprio EuroStar já será uma de suas lembranças.

8 anos é coisa pra caramba!

25 06 2007
val.

o dinheiro que os politicos rouba,ou m daria para construir varias limhas de
trem bala no brasil,estamos muito atrasados.

3 07 2007
Douglas

Esse tinha que ser construido em outra região do país,chega desse negócio de privilegiar São Paulo e Rio ,o Brasil não aguenta mais isso.

26 12 2009
marcio

pq essa revolta tda amigo? pq esse preconceito? me diz uma coisa…? afial, em q regiao vc gostaria q fosse construido o tem bala? um abraço feliz ano de 2010!

9 07 2010
Ligia

Será que vai ser aqui em São Jose dos Campos?

5 07 2007
Thyago Miranda

Bem Douglas, concordo só em parte com a sua opinião. Na verdade, em boa parte. Só que, sim, eu acho que esse trem teria que ser construído sim primeiramemte ligando Rio a São Paulo. Invariavelmente esse é o maior eixo econômico do país, e, pra você ter uma idéia, á somente 400km de distância uma da outra, não existe nenhuma potencial megalópole como Rio e São Paulo em toda a América Latina. Ou seja, a linha precisa ligar dois pontos importantes e com grande fluxo de passageiros. Digamos que essa seja a linha teste da tecnologia no Brasil, que lugar melho poderia haver?

Agora, no que eu concordo com você é que, na verdade, além de uma linha necessária como essa, o país poderia dispor de outras, justamente pra promover crescimento entre regiões potenciais. Claro que não concordaria nunca em ligar Palmas (TO) á São Luiz (MA). Mas, uma ligação entre as capitais do sul, um anel sudeste com linhas extras em direção á Goiânia passando por Brasília. Acho que depois desse estágio é que o Brasil deveria avançar com o TGV para outros lugares, se houver necessidade. Porém Douglas, acho que, mais importante, hoje, que o TGV para outras regiões, seria a retomada do transporte ferroviário com trens de melhor desempenho, digamos, os trens Inter-City que circulam na Europa com velocidade média de 150km/h. Esses não são os Trains de Grand Vitésse, rodando á 300km/h, mas, são trens que justamente promove o desenvolvimento, o turismo e a qualidade de vida da população.

Uma malha ferroviária padronizada no país, fazendo ligações entre cidades dentro dos próprios estados, como linhas no litoral fluminense, etc. Com uma malha padrão, com bitola padronizada, nos mesmos trilhos poderiam circular trens Rio x Salvador, por exemplo. Vamos torcer por esse desenvolvimento no país.

Só que a única coisa que pode ser um entrave aqui é justamente nossas proporções continentais, o que, paradoxalmente, é o que nos faz não ser uma Bolívia, um Perú. Nosso gigantismo que nos impede de ser uma Espanha, também nos impede de ser uma Venezuela.

20 02 2014
Vânia

Douglas, concordo com vc em genero numero e grau…Caracas…mano, o Thyago fez excelentes colocações, mas…de qualquer forma puxando sardinha pra lata dele, é claro.

MAS OLHA, QUE TAL SE O TREM BALA FOSSE CONSTRUIDO EM PLENA FLORESTA AMAZONICA, LIGANDO MANAUS A PORTO VELHO E CONSEQUENTEMENTE MANAUS AS

GRANDE METROPOLIS A COMEÇAR PELO NORDESTE DO BRASIL, POR FAVOR VAMOS LEVANTAR ESSA BANDEIRA, IMAGINEM, FECHEM OS OLHOS, DELIREM, NUM

TREM BALA A 360, RASGANDO ESSA IMENSA FLORESTA, COM UM VISUAL INIGMATICO, PENSEM QUANTOS MILHARES DE TURISTAS VIRIAM PARA O BRASIL

SÓ PARA CONHECER E FAZER ESSE INENARRAVEL PASSEIO A CEU ABERTO NO MEIO DA FLORESTA DO MUNDO REMANESCENTE NO PLANETA.

CARA È TUDO QUE O MUNDO GOSTARIA … SEM CONTAR QUE NÃO SERIA TÃO AGRESSIVO A FAUNA E A FLORA, POIS SERIA

UM TRAFEGO EM SUPERFICIE… POR FAVOR LEVANTEM ESSA CAMPANHA, FAÇAM UMA COMPARAÇÃO COM A ESTRADA

E VERÃO QUE A ESTRADA SERÁ MAIS PREJUDICIAL, POIS HAVERA MUITAS PARADAS EM VIRTUDES DOS VILAREJOS QUE IRÃO

SE INSTALAR AO LONGO DA ESTRADA, E DAQUI A POUCO SERÃO CIDADES, E DEPOIS SE TRANSFORMARÃO EM ESTADO

E POR AI VAI..

CONTO COM O TEU APOIO INTERNAUTAS…. ABRAÇOS

20 02 2014
Vânia

Douglas, concordo com vc em genero numero e grau…Caracas…mano, o Thyago fez excelentes colocações, mas…de qualquer forma puxando sardinha pra lata dele, é claro.

MAS OLHA, QUE TAL SE O TREM BALA FOSSE CONSTRUIDO EM PLENA FLORESTA AMAZONICA, LIGANDO MANAUS A PORTO VELHO E CONSEQUENTEMENTE MANAUS AS

GRANDE METROPOLIS A COMEÇAR PELO NORDESTE DO BRASIL, POR FAVOR VAMOS LEVANTAR ESSA BANDEIRA, IMAGINEM, FECHEM OS OLHOS, DELIREM, NUM

TREM BALA A 360, RASGANDO ESSA IMENSA FLORESTA, COM UM VISUAL INIGMATICO, PENSEM QUANTOS MILHARES DE TURISTAS VIRIAM PARA O BRASIL

SÓ PARA CONHECER E FAZER ESSE INENARRAVEL PASSEIO A CEU ABERTO NO MEIO DA MAIOR FLORESTA DO MUNDO REMANESCENTE NO PLANETA.

CARA È TUDO QUE O MUNDO GOSTARIA … SEM CONTAR QUE NÃO SERIA TÃO AGRESSIVO A FAUNA E A FLORA, POIS SERIA

UM TRAFEGO EM SUPERFICIE… POR FAVOR LEVANTEM ESSA CAMPANHA, FAÇAM UMA COMPARAÇÃO COM A ESTRADA

E VERÃO QUE A ESTRADA SERÁ MAIS PREJUDICIAL, POIS HAVERA MUITAS PARADAS EM VIRTUDES DOS VILAREJOS QUE IRÃO

SE INSTALAR AO LONGO DA ESTRADA, E DAQUI A POUCO SERÃO CIDADES, E DEPOIS SE TRANSFORMARÃO EM ESTADO

E POR AI VAI..

CONTO COM O TEU APOIO INTERNAUTAS…. ABRAÇOS

25 07 2007
Mais do que nunca, hoje, precisamos dos trens de alta velocidade « Digo

[…] eu publiquei aqui no Digo uma matéria que ainda tem rendido audiência ao blog, que você pode ver aqui. Naquela época, quando a mídia anunciava, enfim, um movimento inteligente do governo acerca de […]

8 08 2007
Fernando

Axo que com o apagao q se nois ja tivessemos o trem bala, as companhias aereas ja estariam falindo. Com tanto aviao caindo e esse caos nos aeroportos.
O povo iria lotar esses trens.
Esses trens deveriam ligar as principais cidades de todo o brasil. Deveriam haver linhas regionais.

20 08 2007
Helio

A França é do tamanho de um estado brasileiro, e tem milhares de quilometros de ferrovia. Hoje, com mmuuuiiiito ataso, esta pensando em talves construir uma ferrovia,(uma). A petrobras que já achou mais um monte de poços de petroleo(Vitoria e Nordeste) e gas(Santos), coisa que mesmo mal administrada como é a Petrobras, dá lucro, há muito tempo ouço falar que ela vai investir e até hoje nada…será que isso não é sonho?

20 08 2007
Thyago Miranda

A Vale do Rio Doce construiu uma ferrovia de ligação entre Belo Horizonte e Vitória, com 1 (um) trem de passageiros fazendo a ligação entre as cidades. Ou seja, só há uma partida de uma cidade á outra no mesmo dia, e a viaja dura longas 13 horas, pelo que eu lí.

Enfim, acho que se o molusco quiser se empenhar em fazer algo realmente digno nos transportes para o esperado ano de 2014 (em nível nacional) e o outro também muito aguardado ano de 2016 (Rio de Janeiro), ele terá de fazer as ligações em alta velocidade entre as cidades sede da copa, e os trens rápidos entre as outras cidades.

17 08 2009
rafael

Eu sou capixaba e moro em Londres. Ja fiz a viagem de trem de Vitoria a BH -14 horas e sempre com atraso, alem de ter que fechar as janelas por conta do apedrejamento qdo se chega a BH, de onibus sao apenas 8, ja fiz Londres -Paris pela TGV, Madrid-Toledo pela AVE, Londres -Edimburgo pela GNER, alem de muitas outras, como a Cairo -Aswan, q por motivos politicos estavam atrasando de proposito – bem similar a VIX -BH, olha, aqui na Inglaterra se chega de trem a qualquer parte imaginavel do pais, os trens, por motivos de seguranca e meio ambiente nao sao tao rapidos como no resto da Europa ( o tgv qdo entra aqui tem que diminuir a velocidade) mas torna o transporte muito mais barato. Um trem que ligasse RJ a SP, ja seria uma vitoria, pois seria mais barato q o onibus, desafogaria o famigerado transporte terrestre e faria 1milhao de vezes melhor para o meio ambiente. O que acontece no Brasil e a ma vontade. A trans-italia comecou na mesma epoca do trem bala brazuca e ja esta em operacao Milao-Roma-Napoli em 3 horas. No Brasil levara 7 anos!!!! Por que? Aqui em Londres ha trens de 1970 ainda nos trilhos, pois ainda funcionam e suprem a necessidade, ai tenta-se matar uma formiga com uma bazuca – fiquei surpreso com a maquininha no aeroporto de Recife que te da papel pra secar a mao na quantidade certa e corta pra voce, nunca vi disso aqui na Europa, sera realmente necessario!? matando formiga com bazuca… O trem RJ -SP se mantivesse uma velocidade de 80km/h no inicio, chegando progressivamente a 100, 120, 150, seria uma maravilha, supriria a necessidade da populacao e poderia, talvez, ser construido com capital brasileiro e tecnologia brasileira, tomaria o mesmo tempo do onibus mas o trem transporta muito mais pessoas por vez, polui muito menos o meio ambiente e sairia muito mais barato, sera mesmo necessario esperar mais 7 anos? Os trens aqui sao operados emparceira publico-privada e cumprem com o seu dever, pq no Brasil nao acontece o mesmo, falta dinheiro no Brasil!? Sera que as pulsantes economias de RJ e SP precisam esperar mais 7 anos pra possuir transporte ferroviario? Quantas oportunidades de negocios estao sendo perdidas por este atraso? Pensem bem…

8 04 2011
Superguss

Rafael concordo contigo brow moro en Madrid e ta convidado para fazer o trajeto Madrid Valencia a mais nova apertura do AVE ( Alta Velicidad Española) con os supertrens Siemens.. espero que o Brasil poco a poco va mudando a cara…. ja estamos em bom caminho aqui na Europa ja olham o Brasil com mais respeito… e vc cara quando vir a Madrid pega un toque… al final Brasileiro e Brasileiro.. abrazo

29 08 2007
Matheus

Vamo com calma né.. quem vai construir isso aí não é o governo.. então lógico que vai ser construído no lugar que há maior fluxo de passageiros e, portanto, no lugar que dá mais lucro. Acredito que antes de haver uma ampliação para outros estados (além de Rio e SP) esse trem se amplie para o interior paulista..

Além do que não faz muito sentido construir TGV ligando SP – Brasília por exemplo.. nos transportes há um relação de custos para cada meio.. Para grandes distâncias (acima de 1000km +/-) o melhor é o avião, pra médias distâncias trens são mais viáveis, e para pequenas distâncias a melhor alternativa é o transporte rodoviário. E além da distância também é preciso ser levado em conta o fluxo de passageiros.

Mas seria bem legal se tivesse uma ligação norte-sul do Brasil por TGV.. assim o governo poderia parar de enfiar dinheiro nas rodovias e adeus pedágio =D.. mas isso vai demorar muuuuito ainda.. mas eu ainda sou novo então quem sabe eu não vou de trem pra Natal qualquer dia..

29 08 2007
Thyago Miranda

Muito inteligente o seu comentário Matheus! Gostei de receber um comentário bem escrito assim!

Pelo visto você também gosta desses assuntos e, com certeza, é um usuário do fórum SkyscraperCity, certo?

Concordo com tudo que você falou. E, diz aí: sonhar com esses avanços em trasporte é bom demais né?! 😀

4 09 2007
jose gomes da silva sobrinho

OLÁ ,O TEMA FERROVIA, É MUITO INTERESSANTE. ASSISTI, [4.9.2007] TV RECORD, PROGRAMA, FALA QUE EU TE ESCUTO , SOBRE A FALENCIA DAS FERROVIAS. ONDE MUITOS DERAM SUAS OPINIOES. VIAJEI MUITO DE TREM, SÃOPAULO/CAMPINAS, CAMPINAS/RIBEIRÃO PRETO/UBERABA.O FLUXO DE PASSAGEIROS NA ÉPOCA , ERA MUITO GRANDE, LÁ PELOS ANOS 68/69/70/71/72.GOSTARIA MUITO QUE OPINASSEM SOBRE A EXTENÇÃO DAS FERROVIAS, POR OUTRAS CIDADES, EXEMPLO, SAO PAULO/CURITIBA, SÃO PAULO/ BRASILIA, CLARO,TREM DE ATA VELOCIDADE. ASSINADO JOSE GOMES DA SILVA SOBRINHO. TELEMACO BORBA, ESADO DO PARANÁ.

18 09 2007
Romildo

O Brasil tem capacidade e dinheiro para construir, outros ramais ferroviarios de alta velocidade, sim. E os milhoes da CPMF?
Gostaria de fazer uma pergunta, mas ao mesmo tempo afirmando:
Não daria para aproveitar o leito da Ferrovia do aço, com trens de alta ou média velocidade, para ligar Belo Horizonte ao Rio e São Paulo com conexão em Volta Redonda – RJ. Esta ferrovia tem um traçado privilegiado com excelentes obras de arte e curvas com raios bem extensos?

26 09 2007
Gustavo

Atualmente eu moro em Paris, e uso com frequência trens de alta velocidade. Meio de transporte limpo, seguro e rapido; mais confortavel do que o avião. Pq não temos uma malha ferroviaria decente no Brasil? Ja viu o ganho mensal de um caminhão “cegonha” no nosso pais? Transporte ferroviario eficaz significa falência de empresas transportadoras, no pais dos caminhões – é claro que o lobby das empresas que lucram com essa situação é a causa. Como sempre, somos vitimas da corrupção generalizada.

30 10 2007
Felipe

Seria ótimo mas, como sou brasileiro, só acredito vendo!!!

8 11 2007
eduardo

Bem como nosso amigo disse ,tudo no brasil gira entorno de pequenos grupos que fazem o que bem entende do povo, é lóbi de escola de transporte etc, nosso governo não governa pensando no social,mais sim em lucros que ganha de empresários .moro no vale do paraiba e sempre ouvi falar dos trem que iam para são paulo.agora só de pássaro marrom

13 11 2007
GERALDO APARECIDO PRADO

O Brasil por ser um país muito grande já há muito tempo
deveria estar com trens modernos de primeiro mundo de norte a sul
lesta a oeste só que ao invéz de melhorar nossa malha ferroviaria
acabaram com elas… O trem bala seria o ideal não só de SP-RIO
mas em todo o Brasil.

A falta de interesse dos nossos governantes é a causa disso tudo
que favorece os fabricantes de pneus e caminhãos e mesmo assim
temos péssimas estradas, se pelo menos tivessemos estradas boas
de norte a sul e leste a oeste…

3 12 2007
Cadu

Desconsiderando completamente o investimento inicial. Quanto custa fazer um trem subir os 600 metros entre Rio e Sao Paulo, será que conseguiria competir com a aviação? Além disso há custos como manutenção de trens + ferrovia, será que são menores do que os da manutenção de aviões. A coisa toda deve ser viável, senão morre. Acredito que as indústrias deveriam ser as primeiras a ser beneficiadas com os trens.

28 02 2008
léo

É uma vergonha para o brasil,ja era para o brasil ter um trem bala a muito tempo
claro c os politicos no robasem tanto,um país como o nosso ainda tão fazendo planos para o trem bala,é muito atraso de vida gente,sabe-se lá quando o trem bala vai estar circulando no brasil ,talvez daqui ums 20 anos,politicos de merda

18 03 2008
thiago

ve se crescem politicos, estamos mais atrazados do que nunca. RJ a SP o Brasil é só isso? Acho que ñ!

2 04 2008
daniel

Bravo!!!!!!! a sua coluna esta realmente excelente! Estou inteiramente de acordo com o que voce escreveu acima. Em absoluto, o brasil deveria mesmo copiar a infra-estrutura francesa para que os brasileiros de modo geral possam ter mais acesso a outras cidades em um curtissimo espaço de tempo por um preço acessivel a populaçao. IMAGINEM QUANDO O TERRITORIO NACIONAL TIVER LINHAS DE TREM DE ALTA VELOCIDADE LIGANDO TODAS OS ESTADOS E CIDADES. EXATAMENTE COMO NA FRANçA. “isso faria gerar mais empregos, diminuir a poluiçao em certo modo, aumetar os meios de transportes no pais, fortalecer a infra-estrutura aos olhos dos paises europeus, asia e resto do mundo, (voce poderia até morar no rio e trabalhar em sao paulo) vice e versa” a competitividade dos preços das passagens aereas e terrestres iriam explodir “para melhor” …… ENFIM, MUITAS COISAS BOAS ESTAO PARA ACONTECER! TUDO DEPENDE DO GOVERNO LULA. “obrigado a santissima frança por dar o bom exemplo. VIVE LA FRANCE ET VIVE LA REPUBLIQUE.

2 05 2008
marcelo

E uma pena o brasil demora tanto tempo para fazer uma obra tão importante para o desenvolvimento da nação!!!
http://www.codois.com Co2

12 05 2008
Felipe

Pessoal,

tenho duas impressões sobre a notícia, e uma opinião:

Impressões:

1) Que ótimo! Estamos de fato nos tornando (ainda que lentamente) um país em desenvolvimento.

2) Um projeto como este desencadeia uma série de percepções da população, que em breve estará se questionando sobre os benefícios da ferrovia (de alta velocidade/qualidade) sobre outros meios de transporte.

Opinião:

1) Pelo que podemos perceber aqui, e em outros fórums, pessoas questionam o projeto como um todo, e muitas vezes atacam o governo como se fosse dele a iniciativa.
Gente, vamos colocar nas nossas cabeças que (feliz ou infelizmente, sem entrar neste mérito) quem manda é o capital. O Brasil hoje só está se desenvolvendo porquê tem investimentos, e esse projeto só irá sair do papel por iniciativa do capital privado. E isso é ótimo! Vamos parar de exigir tudo do governo! O governo tem a obrigação de distribuir de forma correta os tributos, promover a distribuição de renda, e não ficar pensando em projetos de trem! O governo tem sim que criar situações favoráveis como esta, mas vamos parar com essa barbaridade de sempre achar que o governo é quem tem que fazer tudo em um país! Aposto com quem quiser que se o TGV Rio-SP se mostrar rentável, em pouco tempo teremos uma malha ferroviária de qualidade entre os principais centros financeiros/comerciais do país (SP-RIO-CAMPINAS -CURITIBA-BH) e depois disso, como já citado, uma malha suplementar se estabelecerá. Afinal, estas empresas européias como as que administram os trens franceses, espanhóis e italianos, para expandirem suas operações e aumentarem o retorno aos seus acionistas, vão investir sim em um ambiente propício e que se mostre rentável como nesta situação proposta.

Vamos ser otimistas não quanto ao governo, mas quanto à nação brasileira! Afinal, isso é o que somos!

13 05 2008
Thyago Miranda

Boa Felipe!

Bastante inteligente essa sua visualização do caso. Realmente, o que tem que ser feito hoje é justamente a criação do ambiente favorável aos investimentos, para um crescimento, assim, sustentável. Acrescento ainda o fator importantíssimo que ocorreu recentemente, que foi ao novo grau de investimento adotado pela Standard & Poors e que, enfim, classifica o Brasil como país de investimento seguro, com seu “selo” BBB-.

Como comentado pela Miriam Leitão, entre outros, isso favorece e muito a entrada de investimentos estrangeiros, principalmente no setor de infra-estrutura. Sendo assim, caro Felipe, você está certo no seu raciocínio, e, digo mais, acredito que o país esteja rumando para um destino realmente favorável.

Porém, não há como negar que exista sim uma clara, e justificável, confusão na cabeça dos brasileiros em geral, afinal de contas, o país em décadas passadas estava com o desenvolvimento de suas malhas ferroviária e rodoviária em mãos, e priorizou a ampliação de uma em detrimento da outra, o que ocasionou o que vemos por aqui. Porém, naquela época, naquele ambiente econômico, ainda cabia sim, inteiramente, ao país, estabelecer, montar novas estruturas de deslocamento, seja humano, seja de produtos. Por isso ainda se traz esse conceito de “governo todo poderoso”, o grande provedor. De certa forma, a forma de se realizar tais empreendimentos está mesmo mudando, abrindo o país a investimetos construídos e gerados por empresas. Mas, não é simples fazer todos enxergarem. Por um simples detalhe: mesmo que privatizando determinada estrada, não é o governo que tem a incubência de construí-la? Por que não o mesmo em relação às ferrovias? A idéia geral é que, independente de quem vá administrá-la, o governo é que deve construi-la.

Conjuntura econômica não tem a popularidade de um campeonato de futebol…

Valeu Felipe!

P.S: eu concordo com tudo que você falou!

22 08 2008
eduardo s. almeida

Privilegiando novamente Rio/Sao Paulo esquecendo que entre São Paulo/Minas existe uma plano que não há em outro lugar , inclusive fizeram planejamento de nova ligaçao rodoviaria devido a grande viabilidade (encurta a distancia) em mais de 100 km. Na verdade trata-se do melhor lugar para fazer uma obra destas pois leva uma ferrovia desta dimensao para o interior ( não é realizada ligando dois pontos do litoral ) Rio e São Paulo. Obedecendo somente critérios tecnicos fazendo ligaçao litoral / centro do País digo passando por Juiz de Fora, Belo Horizonte, Brasilia e daí Norte e Sul do Brasil objetivando um deslocamento que concorreria na verdade com o avião , onibus, automoveis facilitando a vida de todos, porém querem fazer uma ferrovia destas somente para aparecer bem na Copa. Na verdade só somos brasileiros nos dias em que a seleçao joga pela Copa do Mundo LAMENTAVELMENTE.

30 10 2008
Ted

Tchau! Seguro que serà verdade, porém espero que esse projeto sai rapido do papel. Vivo a europa e eles fazem muitas criticas do brasil, que somos um terceiro mundinho. Agora com a copa de 2014 e todos esses projetos, iremos mostrar ao mundo quanto esse terceiro mundo é evoluido e melhor de qualquer, Paris, New york, Roma etc…
Brasil quem ti conhece nao esquece jamais….

15 01 2009
Andrew

O TREM BALA DE 280 KM JA ESTA ULTRAPASSADO NA ALEMANHA. POR ISSO ALGUNS PAISES QUEREM VENDELOS AOS MAIS POBRES. E COMO UM RICO QUE TEM UM SAPATO NOVO E O SAPATO VAI GASTANDO E FICANDO VELHO. DEPOIS DISSO ELE TENTA VENDER O SAPATO VELHO PARA O POBRE.

O TREM MAIS MODERNO E EFICAZ PENSO QUE O BRASIL NAO PODERIA COMPRAR.

MAGLEV FABRICADO NA ALEMANHA.

9 02 2009
Célio Azevedo

A licitação sobre o Trem bala ocorrerá em março de 2009 agora. E já faz parte das obras do PAC. Com ou sem crise este Trem bala sai do papel.

27 02 2009
john

esperem sentados pra construir um simples hospital eles levam 20 anos … uma obra desta … quem sabe na outra reencarnaçao….

27 02 2009
André Ellwood

Cara isso vai ser maravilhoso eu trabalho na parte técnica de construção civil e será maravilhoso trabalhar na construção de um trem bala….alem do mais importante disso tudo q é muito emprego…abraços ae…

27 02 2009
André Ellwood

O ruin disso tudo é q Rio de Janeiro vai ficar cheio de Paulista embabacados com as belezas da cidade mais bonita do mundo… q me desculpem os paulistas….

22 03 2009
VIEIRA

os paulista vao ficar admirado com as belezas do Rio de janeiro como disse o amigo e os paulistas com a bandidagem do Rio

24 03 2009
rolex

o ruim deste trem e´que os paulistas terao que enfrentar tiroteios assim que chegar ao rio

24 03 2009
carioca

O Rio pode ser a cidade mais bela do brasil.Mas Sao paulo e a cidade mais rica e mais importante ,nao tem como negar.

27 03 2009
Marcos

Otimos comentarios, principalmente do Thyago. Em relacao ao que o Douglas fala, entre SP e RJ, tambem concordo com o Thyago… evidente que nao faria sentido uma linha de trem bala ligando Caruaru a Garanhuns… Claro que este tipo de transporte tem que ser construido em cidades onde tenha publico para utiliza los, memo por que, como na Europa e no Japao, suponho que as passagens de trem bala serao no Brasil bem mais caras que as passagens de trens comuns, muitas vezes superando as passagens de aviao. Concordo que de fato ha muito roubo (politicamente falando…) no Brasil… mas onde nao ha? E tenho certeza que neste projeto havera muita gente tirando “um dinheirinho” por fora… O aeroporto de Guarulhos ja esta com planos de outros terminais ha varios anos, e portanto ate agora so ha 2 terminais, que muitas vezes esta super lotados, com muitas conexoes do Brasil e ate America do Sul sendo feitas neste aeroporto.
Ao contrario do que muita gente pensa, ha destes tipos de problemas em paises considerados “primeiro mundo”… por exemplo, o Eurostar, que liga Londres a Paris, sendo tambem um trem de alta velocidade, so funcionava como tal no lado Frances, pois o lado britanico so nos ultimos anos que trocou os trilhos, possibilitando que assim o trem pudesse usar a sua principal caracteristica: a alta velocidade! Antes disso ele funcionava na Inglaterra com a velocidade de qualquer trem normal.
Tambem concordo que deveria ter ramificacoes do trem para outras partes do pais, como por exemplo na regiao sul, onde ha um grande fluxo de passageiros, BH, e Brasilia, ou ate mesmo Salvador, passando por Vitoria, mas isto eh sonhar de mais… se nao temos nem trens comuns. Ha muito tempo os trens foram disativados, por motivos obvios: menos caminhos nas estradas= menos pedagios pagos, as grandes empresas de transporte rodoviarios com certeza fazem o possivel (e impossivel) para evitar que tenhamos uma malha ferroviaria, alem das empresas que vendem pneus, gasolina, etc… Motivos politicos obviamente.
A Franca, como disseram em um dos comentarios, tem uma grande malha ferroviaria, por que eh um pais avancado e desenvolvido, o que o Brasil tambem deveria ser, por ser um pais quase que auto suficiente.
Se Sao Paulo, sendo uma cidade enorme, tem a malha metroviaria minuscula que tem ha tantas decadas, sem muito avanco, eu nao creio que tenhamos o trem bala extendido nem mesmo para nossos netos. Sera mesmo RIO-SP, e olha la, se o projeto nao sofrer atrasos imensos…

27 03 2009
Marcos

Mais uma coisinha…

O Andrew compara o trem bala ao Maglev… alguns pontos interessantes: O trem bala continua sendo o trem rapido utilizado em viagens pelo mundo. O Maglev ate agora faz somente viagens de curta distancia e so existem 8 trajetos no mundo todo, com outros 3 sendo construidos e mais 8 sugeridos. Um deles seria na Venezuela, outro na India e outro no Paquistao. Neste caso, eu ate concordo, pois se estes 3 paises podem ter, o Brasil tambem poderia, mas vamos por vezes… uma coisa por vez.
Outro ponto, eu creio que o Brasil nao comprara trens velhos para fazer o trajeto. Talvez o Brazil esteja comprando a tecnologia, nao o trem em si.
E em relacao ao comentario do Eduardo Almeida… saiba que o trem bala no Japao foi contruido pelo mesmo proposito, ligando Toquio a Osaka (as duas maiores cidades japonesas) para um jogo olimpico, e hoje esta por todo o pais, e crescendo. Evidente que nao espero que no Brasil a malha cresca tao rapido quanto no Japao, nao enquanto tivermos os politicos que temos, mas temos que comecar por um ponto, e como eu disse anteriormente, tem que ser onde haja publico, assim como eh feito em qualquer parte do mundo. Voces ja se perguntaram por que, por exemplo, Macapa nao tem metro??? Ou Boa Vista?

4 04 2009
André Ellwood

Bom como eu ja tinha dito….o trem bala vai ser maravilhoso para o nosso pais….
Em resposta ao amigo ae… São Paulo tem a mesma ou maior bandidagem q

13 09 2009
Paulo

Taxa de homicídios/2008:
SP Capital – 11,5 p/100mil hab.
RJ Capital – 35,0 p/100mil hab.

Estado de SP – 10,7
Estado do RJ – 34,5

4 04 2009
André Ellwood

o rio tem….e essa porra de paulista vai contaminar o Rio principalmente na época de ferias…….São Paulo só tem chuva transito e ar poluido…. vcs só se divertem em shoppins e vão comer pizza no bairo do bichiga..hehehehe… vcs sao foda.. abraços ae….

13 04 2009
Eliel

Eba!

13 04 2009
Marcos

Seria bom lembrar que da mesma forma teus patroes nao os mantem nos empregos por que voces podem ter os olhos bonitos, ou um papo legal, o razao da construcao do trem bala nao eh por que o Rio eh mais bonito que Sao Paulo, ou por que Sao Paulo eh mais desenvolvido economicamente que o Rio, ou uma cidade chove e a outra faz sol… O motivo esta bem distante disto… entao seria legal nos mantermos focalizado na RAZAO da construcao do trem… lembrando que Rio e Sao Paulo sao as duas maiores cidades brasileiras e as unicas duas metropoles nacionais.

15 04 2009
GRACIANO

Bom minha opinião é a seguinte… mesmo que a construção dessa linha férrea gere empregos e de certa forma seja bom para o Brasil (Turismo e mais uma opção rápida e segura de transporte), acho que ainda assim o Governo Federal deveria se preocupar e executar planos que ainda não sairam do papel…
mas de qualquer forma, é sempre bem vinda a modernidade onde quer que seja!
abraço a todos!

4 06 2009
Manga

E pensar que Japão, um país menor que Minas Gerais, têm mais de 2400 km de trem bala… com projeto pra mais 800 km até 2020! E olha que o orçamento anual da União dos dois países não têm muita diferença: cerca de 900 bilhões de dólares. Se não tivesse tanta roubalheira…

5 06 2009
vanderlei

Vai ou ter trem bala para BElo horizonte ????

7 06 2009
VAGNER(CASANOVA)

Aí irmãos, ao invés de ficarmos discutindo a rivalidade entre Rio x São Paulo, trem bala pra Belo Horizonte, qual cidade é mais bonita e os cambaus… vamos nos unir em pensamento positivo e torcer para que desta vez, o dinheiro público seja realmente utilizado para o progresso e eficácia do nosso desenvolvimento e bem estar de todos nós brasileiros. Temos que mostrar pra esse mundão à fora, que o Brasil não é só futebol, mulheres bonitas (graças a Deus), carnaval, roubalheira de dinheiro, impunidade e etc… Estamos entre as primeiras economias mundiais e precisamos definitivamente virar esse jogo e andar lado-a-lado (e quem sabe à frente), com o que há de mais avançado, seja na tecnologia, na qualidade de vida, na educação, na igualdade social e etc…
Se realmente houver desta vez, a vontade política e o patriotismo, vamos ter sim o nosso Trem-Bala, retomando de vez (quem sabe) a expansão das linhas férreas por este Brasilsão à fora.

8 06 2009
Eliakim Siqueira Lima

Governo brasilhiro, devia ir na china pra ver o trem Megalev, e depois decidir sobre o trem bala,abraço.

17 07 2009
Alexandra Baranelli

Não concordo que os brasileiro viajarão de “TGV”, eles viajarão de TAV, isso sim! TGV (train à grande vitesse) é francês e cheio de problemas, só quem conhece é que sabe. Ao passo que o TAV (trem de alta velocidade) brasileiro será construído por japoneses, a melhor tecnologia neste assunto. Felizmente que nosso governo não caiu no arnaque francês de “maquiar” um TGV usando motores duplos, diminuindo o tamanho das roas, etc) para bater o recorde de velocidade de 5123 km/h e no final operar a 300 km/h!!! o japonês além de muito mais moderno é principalmente seguro e que lindão que ele é. Os franceses só conseguiram vender o “trem” deles lá pros argentinos, coitados dos “hermanos”…

22 07 2009
ALEXANDRE

Ñ ACREDITO Q SERÁ CONSTRUIDO ESSA LIGAÇÃO RIO/SP,COM TREM BALA,NO FINAL ELES DIRÃO Q Ñ É VIAVEL,GENTE, PODE-SE DIZER Q Ñ,MAIS QUEM MANDA AQUI NO BRASIL Ñ SOMOS NÓS…EM UM PAÍS QUE TEM UMA ESTRADA Q LIGA UMA REGIÃO…A OUTRA…COMO A TRANSAMONIA Q NEM TEM ASFALTO E QUANDO CHOVE NEM TRATOR CONSEQUE PASSAR,ELEVANDO O FRETE,O PREÇO DOS ALIMENTOS PRA QUEM MORA POR LÁ( ONDE 1KG DE CEBOLA É 05 REAIS) FICA DIFICIL DE ACREDITAR Q IRÁ MELHORAR ALGO…COMO DIZIA MEU PAI…É MAIS FACÍL UM BOI VOAR,UMA COBRA CALÇAR CHINELOS,E UM CURURÚ FICAR BELO….

7 08 2009
Eliakim Siqueira Lima

Eu acredito na ligação da ferrovia entre São Paulo e Rio,pois ele não tem outra solução no transporte de passageiro no Brasil.não da pra esperar,não entendo os ingleses a cem anos construirao as ferrovias no Brasil, quando tinha um terço das pessoas que tem hoje,e não se fala que eles tiveram prejuizo, porque hoje eles ficam fazendo calculos.Sem falar da tecnologia de hoje,isto a politica nojenta deste país.meu muito obrigado.

23 08 2009
Lindolfo Monteiro

Por enquanto vai ter só bala na marginal, dutra e avenida Brasil, com direito a muito presunto. Mas a idéia é boa, só acredito que vai demorar um pouco mais a construção, sairá um pouco mais caro que o previsto e ele vai andar um pouco mais lento do que os 350 km/h. esperado.
No meu ponto de vista se baixarem o preço da coxinha nos postos da rede Grall na Dutra, já vai ser um milagre.

26 08 2009
JURANDIR

Fico muito feliz em saber que ainda tem alguém com o bom senso de fazer valer a pena.

Se os governantes soubessem o quanto seria importante para o país em colocar trem bala de norte a sul, leste a oeste, certamente se convenceriam da economia que conseguiaram.

O melhor, além da economia, estariam desafogando os aeroportos, rodoviárias, e não teríamos tantos acidentes nas rodovia, sem contar o baixo custo de tudo.

O turismo seria uma maravilha neste pais, diga-se de passagem é caro e precisa de mais incentivo e segurança no transporte.

Sou a favor da ferrovia, por isso apoio os grandes idealistas deste grande evento.

Agora, não podemos deixar apenas no papel esta grande idéia.

Dê abertura aos paises que já possuem o trem bala para que venham aqui e coloquem nos trilhos trens de alta velocidade e de carga, ficando eles com uma parcela da arrecadação, o restante para o Brasil.

Tenho certeza, todos vão ganhar, principalmente o nosso povo brasileiro.

26 08 2009
JURANDIR - Sertãozinho-SP

Fico muito feliz em saber que ainda tem alguém com o bom senso de fazer valer a pena.

Se os governantes soubessem o quanto seria importante para o país em colocar trem bala de norte a sul, leste a oeste, certamente se convenceriam da economia que conseguiaram.

O melhor, além da economia, estariam desafogando os aeroportos, rodoviárias, e não teríamos tantos acidentes nas rodovia, sem contar o baixo custo de tudo.

O turismo seria uma maravilha neste pais, diga-se de passagem é caro e precisa de mais incentivo e segurança no transporte.

Sou a favor da ferrovia, por isso apoio os grandes idealistas deste grande evento.

Agora, não podemos deixar apenas no papel esta grande idéia.

Dê abertura aos paises que já possuem o trem bala para que venham aqui e coloquem nos trilhos trens de alta velocidade e de carga, ficando eles com uma parcela da arrecadação, o restante para o Brasil.

Tenho certeza, todos vão ganhar, principalmente o nosso povo brasileiro.

31 08 2009
Márcio Oliveira Leal

Já pensaram bem no que postaram aí? Pelo que eu entendi, vamos ter Trem-Bala “blindado”. (Se bem que , a 350/360km/h, não é fácil acertar um tiro). Comentários irreverentes à parte, o mais difícil vai ser se livrar da “caixinha” dos nossos políticos incompetentes, imbecis, sem patriotismo, que só pensam em falcatruas, das mais absurdas que se possa imaginar… Se, nós brasileiros, conseguíssemos nos livrar dessa “máfia”, os senhores, com certeza, iriam ver um Brasil de Primeiríssimo Mundo. Quem sabe, não estamos por presenciar esse acontecimento? Tem muita mudança em andamento. É só esperar (e torcer) para ver.
Abraços.

9 09 2009
xurupita do corinthins

assim vai ser melhor! posso ate arrumar uma cambiara la no rio ne´quando em sao paulo estiver bem frio , vou a rio calor acima 38 graus, fugir do frio ! e co0nhecer as cariocas!!! lindas e gostosas!! assi!! XURUPITA DO CORINTHIANS

12 09 2009
Meirelles do Brasil.:

Presado Thyago. Você já imaginou um consórcio “Franco Brasileiro” do Nosso Trem Bala, ligando Nosso Rio Grande do Sul (Porto) até a charmosa Velha-Cap (RIo).
Transportando nosso progresso e tornando realidade deste nosso tão sonhado meio de transporte. {Meirelles do Brasil.:}

13 10 2009
coisa idiota

coisa idiota pra caramba

3 04 2010
PATRICK A. MELO

Que legal na futura trem-bala R$ 36 bilhões obras Campinas-São Paulo-Rio, mais importante aeroportos internacionais: Campinas, Guarulhos, Galeão. Por causa muito gente turistas milhões Copa 2014 e Olímpiadas.

1 05 2010
Mario

Olha..nesse pais nao acredito mais em nada..tive a oportunidade de conhecer Natal.e entao me deparei com uma construcao monstruasa ( Uma ponte).
Nao e que nao seja bonita bem feita e tal.., mas que no meu entender liga nada a lugar nenhum, e foram gastos milhoes.
Nao entendo.as prioridades desse pais, mas acho que educacao e a solucao pra tudo, vamos comecar por baixo, cortar o mal pela raiz, se um dia os politicos que nao seja moluscos como todos esses ai tiverem coragem de encarar isso, ai sim podemos ter alguma esperanca.
Do jeito que esta, esta tudo perdido.

11 05 2010
Blanning Coffy

OLHA, O IMPORT É LEMBRAR Q TUDO ISSO É MUI IMPORT MAIS O Q IMPORT É C OS DITOCUJOS TERÃO JANELAS PRA NOIS APRECIÁ AS BELAS PAISAGENS DESTE TÃO LINDO TRAJETO. CONCORDA OU SEM CORDA?

9 07 2010
Stellar

Só poderiam agilizar essa construção. Pois concordo que existem muitos ralos pelos quais escoam a grana que deveria ser investida para o crescimento do país. Se os brasileiros fossem mais decentes, e soubessem administrar o pais com o coração e patriotismo fariam deste pais um super pais, porque gente de boa vontade temos e grana logico que temos afinal somos um dos lugares que mais impostos pagamos, e para que? Certamente para dar caviar a trambiqueiros … galera isso tem que parar!!!
É trem bala já!!!
VOTEM CONSCIENTE!!!

9 07 2010
Stellar

Sim sim é trem de alta velocidade seja como for… é necessario isto e urgentissimo!!!
So quem precisa transitar nesta Via DUTRA cheia de caminhões, esburacando tudo e a cada dia temos mais de 10 acidentes matando pessoas que estão em seus veiculos estes trogloditas caminhoneiros cheios de droga para ter a corrida em hora certa caem em cima dos veiculos, fora das estradas e cade as autoridades para fazer parar essa droga toda? Caminhoes que agora são verdadeiras carretas com tres ou quatro sobrepostos como se fosse um ternzinho…afff isso tem que acabar!!!
Pessoas que buscam trabalho e estudos entre RIO e São Paulo merecem pelos seus esforços mais tranquilidade e conforto sim…SIM!!!! E nada de congecturas tem que FAZER MESMO E FAZER sem superfaturar essa coisa aew!!!

1 10 2010
alisson

Tenho fé que neste Domingo Dia 03 , vamos votar na Dilma! , ela vai Ganhar essa eleição, assim aquele IDIOTA DE JOSE SERRA!!!!!!, será a ULTIMA fez que ele concorre eleição para presidente , poi e a terceira fez que vai perde de novo para PT>ele não tem visão para ser presidente .que ele vá para merda!!!! junto com PSDB>

1 01 2011
Alberto José de Camargo (Battistini)

Passei o mes de Setembro de 2009 na Itália e um pouco na Suíça. Saindo de Milão, terra natal de meu avo materno, o que eu vi de trilhos foi uma grandeza!
Trens para todos os lugares e com ar condicionado! Metro para todos os bairros e com ar condicionado. Em Milão e em Roma o TRAM ou bonde, para os mais antigos, como eu, que andei muito de bonde em São Paulo, cidade onde nasci.
Amigos, o primeiro mundo anda de trem. Avião é a segunda opção e automóvel é a última opção. Precisamos urgente refazer nossa malha ferroviária! Abraços.

28 05 2011
Lohan

Eu estou louquinho para que o trem bala chegue logo.

16 12 2011
HILDEBRANDO

ACHO QUE O TREM BALA SÓ VAI SAIR DO PAPEL QUANDO FICAR DEFINIDO QUANTO CADA POLITICO VAI LEVAR PRA CASA KKKK

16 12 2011
HILDEBRANDO

O QUE EU ACHO RIDÍCULO É QUE O GOVERNO DO BRASIL QUER TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA PARA UNS POUCOS QUILOMETROS DE LINHAS CONSTRUÍDAS E UMA MEIA DÚZIA DE TRENS COMPRADOS…..ENQUANTO NA CHINA ESTÃO CONSTRUÍNDO MAIS DE 9000 KM DE TRENS BALA E NEM POR ISSO AS EMPRESAS DERAM A TECNOLOGIA PARA OS CHINESES. SABEM? É A MESMA COISA QUE EU IR NO MERCADO COMPRAR UMA CAIXA DE COCA COLA E QUERER QUE A EMPRESA ME ENSINE A FABRICAR TAMBÉM …. SÓ NA CABEÇA DA DILMA…E DO PT

7 09 2012
Luiz Carlos Leoni

Prezados, entendo a anciosidade para que o Brasil implante este trem, porém vamos aos fatos, o custo inicial que estava previsto era de 34,6 bilhões passara de mais de 50 em valores atuais, com um valor extremamente menor se é possivel implantar sistemas convencionais em média velocidade TMV, abaixo de 180km / h utilizando parte do sistema existente, exatamente como esta planejando o governo paulista de ligações como São Paulo Campinas e São Paulo a Santos, e a vizinha Argentina que segue este modelo, de execução mais simples, rápida e adequados as condições brasileiras.
Entendo serem melhores empregados, os recursos para as melhorias dos trens suburbanos da CPTM-SP, Supervia-RJ em que as composições trafegam com superlotação e principalmente nos trens da CMTU que servem a região Nordeste, e freqüentemente sofrem paralisações e descarrilhamentos múltiplos como em Teresina-PI.

27 03 2013
Leoni

Planejar trens de alta velocidade -TAV antes de trem regional de passageiros é colocar a carroça na frente dos bois, e se governar é definir prioridades, entendo ser as prioridades no Brasil para o sistema ferroviário pela ordem;
1º Trens suburbanos e metrôs domésticos;
2º Ferroanel com rodoanel integrados com ligação Parelheiros Itanhaém, para o caso de São Paulo;
3º Trens de passageiros regionais;
4º TAV.
E com relação ao cenário mundial seria;
1º Integração Nacional;
2º Integração Sul Americana;
3º Integração com o Hemisfério Norte.
Trens de passageiros regionais são complementares ao futuro TAV, e não concorrentes, pois servem a cidades não contempladas, inclusive Campinas com mais de 1,2 milhões de habitantes e potencial maior do que alguns estados, e muitas capitais do Brasil, portanto comporta as duas opções.
Pelo proposto as mesmas composições atenderiam de imediato aos trens regionais planejados nas maiores cidades brasileiras ~150 km/h utilizando alimentação elétrica existente em 3,0 kVcc, a curto prazo, já dando a diretriz do Plano Diretor quando fossem utilizadas no TAV, aí utilizando a tensão e corrente elétrica de 25 kVca, com velocidade max. de 250 km/h, uma vez que já foi determinado pela “Halcrow” velocidade média de 209km/h para o percurso Campinas Rio previsto para após o ano de 2020, se não atrasar como a maioria das obras do PAC, ou seja longo prazo, este modelo é inédito no Brasil.
Para esclarecer; Não se deve confundir os trens regionais de até 160 km/h com os que existiam antigamente no Brasil, que chegavam a no máximo aos 90 km/h por varias razões operacionais, e o fato de trens regionais e TAV serem de operações distintas não justifica que não tenham que se integrar, sendo que para a estação em SP o local sairá em locais paralelo a CPTM entre Mooca e Barra Funda, podendo ser criada a estação Nova Luz, no lado oposto em que se encontra a Júlio Prestes.

No mínimo três das montadoras instaladas no Brasil além da Embraer tem tecnologia para fornecimento nesta configuração, inclusive os pendulares Acela e Pendolino que possuem uma tecnologia de compensação de suspenção que permite trafegar em curvas mais fechadas com altíssima porcentagem de nacionalização.

Fala-se de integração ferroviária Sul Americana, e as principais economias após o Brasil são a Argentina, e Chile, e ambos, possuem a bitola de 1,67 m, (Indiana),sendo que só a Argentina possui mais de 23 mil km, o que corresponde, a ~4 vezes mais km que a correspondente brasileira, e km praticamente igual a métrica, e em consulta a técnicos argentinos e chilenos, os mesmos informaram serem infundadas as informações de que circulam no Brasil de que está sendo substituída por 1,43m, e se um dia esta integração ocorrer, ela será feita com a métrica, que já são existentes em outros países, como Bolívia e Colômbia, além dos mencionados, tratando-se portanto de premissas equivocadas plantadas.

Mas, quanto ao TAV (Trem de alta velocidade), hum, este não sei não, teve um ex ministro de nome Bernardo, que no início do ano de 2011, deu a seguinte declaração à mídia; ”Trens regionais de passageiros poderão trafegar nas futuras linhas exclusivas do TAV”. Ufa, até que enfim! Esta era uma noticia que sempre esperava ouvir, e desde a década de 70 se fala dele e agora a previsão é para após 2020, e poucas coisas estão definidas, como estações, trajeto etc, e o modelo proposto é independente, e bitola divergente dos trens regionais existentes 1,6m e não compatível para uso como trem regional, com vantagem que não necessitar de duplo rodeiro (Standard e Ibérico) necessário para quando adentra a Espanha rumo a Portugal, e que trafega tanto como trem regional, ou como TAV, portanto pode se afirmar que embora a intenção seja louvável, existe uma contradição do que se falou, e o que esta sendo planejado, além disto aqui, e as obras deste porte tem até data para começar, mas a sua conclusão, nem a futurologa mãe Dinah consegue prever!

19 04 2013
Leoni

Com relação aos trens regionais que poderiam servir ao Rio de Janeiro temos algumas propostas;
Um projeto que até agora não saiu do papel é o do sub-ramal que partiria da estação Bonsucesso, passaria pelo Complexo da Maré, UFRJ-Fundão, e chegaria até ao aeroporto do Galeão, Isto já foi anunciado em 2008, e até agora nada. Em qualquer grande metrópole organizada, existe um serviço de trens ou metrô que liga a cidade a sua rodoviária e ao seu aeroporto. Mas aqui, por enquanto, não foi notíciado de que eles fariam isso.

Por exemplo, o trem Barrinha, que como o próprio nome diz, passava por Barra do Piraí, depois de Japeri e Paracambi. Era a única linha de trem regional que havia e que foi eliminada por uma colisão que houve entre uma dos trens e um trem de carga em 1996, com as seguintes conseqüências; deixaram a linha no descaso, não adquirindo trens novos, e aí acontece um acidente, e cancelam o transporte. Tentaram retornar, mas em 2009 o secretário de transportes descartou a hipótese.

A reativação da linha Santa Cruz-Itaguaí, com prolongamento até Manguaratiba, e planejando em um futuro próximo, até Angra dos Reis e Parati. Seria muito útil. Temos que reivindicar para que todos estes projetos saiam ou voltem o mais rápido possível. E por que não em Guaratiba, Sepetiba, entre outras localidades na região (podendo ser como os monotrilhos, elevados, para evitar um grande número de desapropriações).
A maior parte destas propostas costumam aparecer em épocas de campanhas eleitorais, e após findadas as eleições ficam na esperança e no esquecimento.

1 09 2013
Leoni

”Trens regionais pendulares de passageiros de médio e longo percurso São Paulo-Minas-Brasília.”

1ª fase Interligar a ferrovia Norte / Sul com ramal para Brasilia-DF com a Ferrovia Centro Atlântica FCA existente passando pelas cidades de Anápolis-GO, Araguari, Uberlândia, Uberaba-MG que hoje se encontram operando somente em bitola métrica, com a implantação de bitola mista ( 1,0 + 1,6 m ), passando por Ribeirão Preto, até o ponto que se encontram com a bitola larga em Campinas-SP.

2ª fase Interligar em linha paralela com a ferrovia Norte / Sul passando por Anápolis, Itumbiara-GO, Monte Alegre de Minas, Prata e Frutal-MG e adentrando pelo centro norte de SP na cidade de Colômbia, e a partir daí seguindo por ferrovias existentes por Barretos, Bebedouro, Jaboticabal, até Araraquara no centro de São Paulo, com bifurcação para Panorama ou para a estação Júlio Prestes na capital-SP, ambos os trajetos como função de linhas troncos.

Fica aí já definido um potencial trajeto para trens regionais de passageiros de médio e longo percurso São Paulo – Brasília, passando por muitas destas cidades citadas entre outras, além de um trajeto coerente para cargas, (dupla função) com o fator de sazonalidade igual a zero.

A maior parte destas propostas é a de se utilizar ao máximo os trechos ferroviários existentes que se estejam desativados ou subutilizados, mas que se encontram-se em regiões de grande potencial, que no passado já possuíram ferrovias a fazer parte de seu desenvolvimento, e que inexplicavelmente se encontram abandonadas, principalmente em São Paulo, e o trecho novo complementar se limita a;

1-Ligação ferroviária Norte / Sul, Anápolis, Itumbiara-GO Colômbia-SP ~380 km, a maior parte em Minas Gerais. (Esta ligação tem a função de interligar na menor distância em bitola larga os pontos onde se encontram paralisadas ao Norte Anápolis-GO com a ao Sul Colômbia-SP) em um tempo, distância e custo de implantação muito inferior à proposta original, além que poderá ser utilizada como trens de passageiros.

Notas:
1-Fica definida a cidade de Panorama-SP de onde deve partir rumo ao Rio Grande do Sul a continuidade da ferrovia Norte / Sul.
2-Alguns trechos entre Colômbia e Panorama-SP se encontram em estado precário, ou erradicados, portanto devem ser refeitos.

27 02 2014
sidney

sete anos se passaram e até agora nenhium parafuso foi comprado.
acreditar na promessa de politicos brasileiros é a mesma coisa que acreditar em papai-noel.
a copa chegou, e nem os estádios estão prontos….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: