Rio terá a primeira fábrica de semicondutores da América Latina

18 01 2008

Quem vinha acompanhando a lenga-lenga da TV Digital no Brasil, lembra que essa era uma das promessas do Governo Federal para o país, que definiria, a partir de um pré-requisito aos japoneses para a implantação do ISDB (padrão japonês de Tv Digital) o compromisso firmado por ambas as partes para uma, veja bem, possível instalação de uma fábrica de semicondutores.

Acabou que quem construirá a tão esperada fábrica será uma empresa americana. O Governo, numa atitude plausível, decretou em outubro do ano passado que abriria mão de todos os impostos federais, inclusive o imposto de renda, em favor da construção de fábrica(s) de semicondutores, que além de impulsionar e baratear o mercado interno de chips para Tv Digital, traria avanço tecnológico significativo ao país em diversas outras áreas que demandem alta tecnologia.

A Symetrix anunciou, para alegria de entusiastas cariocas, que erguerá sua poderosa fábrica, ao custo de US$1 bilhão, no Rio de Janeiro, mais precisamente no Parque Tecnológico do Rio, no Campus da UFRJ.

Um dos avanços que os semicondutores produzidos por essa empresa trouxe ao mercado de chips foi o cartão que funciona sem contato com a leitora, que identifica os dados do cartão por ondas de rádio. Você não precisa tirar o cartão da carteira para passar diante da leitora. A tecnologia da Symetrix já é utilizada nos trens, metrôs e carteiras de habilitação do Japão. Nesses cartões, conhecidos como smart cards, o chip não é aparente, e a memória que registra os dados é altamente resistente.

Voltando ao assunto Tv Digital, a fábrica a ser construída aqui no Rio, poderá construir qualquer tipo de chips, inclusive aqueles usados na Tv Digital, embora esse ainda não seja um dos planos iniciais da companhia, que previa apenas a fabricação de cartões e leitores, mas, que, antes de sair do papel, já cresceu para níveis de exportação de etiquetas inteligentes para os Estados Unidos e incluiu também a produção dos smart cards que eram comercializados pela Symetrix somente no Japão.

Fontes: ComputerWorld e Último Segundo

Anúncios




WiMAX agora faz parte do padrão 3G – O que isso significa aqui no Brasil

20 10 2007

Eu cheguei a achar que isso seria o fim de uma promissora tecnologia, com a abrangência do 3G engolindo toda uma gama de possibilidades do tão falado WiMAX. Mas, eu me enganei. E me enganei extrema e positivamente. Com a notícia de que o ITU (International Telecomunications Union), que é uma divisão de telecomunicação dentro da ONU – essa você sabe o que é né? – aprovou como um sub-padrão 3G a tecnologia WiMAX (leia aqui e aqui), o mundo assiste, então, ao fim de um embate longo, extenso e pra muitos países, sem fim, sobre como homologar a tecnologia, e prover faixas de frequências adequadas ao padrão. O Brasil então, iria ficar pra escanteio no que diz respeito a aderência á novos padrões.

Mas, com essa decisão mundialmente importante, a vida de todos está prestes a mudar. Boa parte do mundo já possui serviços de comunicação 3G, que é uma tecnologia que permite conexões sem fio á web de forma rápida, com uma média, hoje, de 1,5 mbits/segundo. Porém, essa é uma conexão que depende da rede de celulares instaladas nas cidades. Já o WiMAX é uma tecnologia economicamente mais viável, além de ter maior alcance e ser mais rápida. Testes comprovam que o WiMAX em condições ideais pode alcançar um raio de até 50km e velocidades de até 75 mbps! Essas velocidades, entretanto, ainda não foram formalmente comprovadas. Continue lendo »





Um “nem tão novo” iMac – Por Marcus Roberto

7 08 2007

imac_3_20070807.jpg

Dessa vez, a missão de opinar aqui no Digo, será transferida, merecidamente, ao leitor-amigo Marcus Roberto. Em e-mail, ele falou tudo o que agradou e o que não lhe chamou tanta atenção quanto ao tão esperado lançamento do iMac.

imac_1_20070807.jpg“(…)tenho que dizer, pela segunda vez (a primeira foi a mudança da 1ª para a 2ª linha de iPods Nano) o design de um produto Apple me decepcionou! O visual me parece remeter algo dos anos 70 ou 60, sei lá… não gostei desse contorno preto em volta da tela… O MockUp (veja abaixo) me parecia muito mais bonito, mesmo sendo uma cópia do design do iPhone. A parte de alumínio do gabinete é uma peça inteira, ou seja, não temos beiradas montadas e coladas ou unidas: é tudo uma peça só! A tela de vidro achei bem legal, dá um visual bem estiloso ao iMac, mas no geral, me decepcionei, assim como me decepcionei com o Nano 2.0.Porém a Apple é A Apple”… em algo ela iria acertar; e os teclados são lindos, maravilhosos. Presta atenção no botão que liga e desliga o teclado Bluetooth, magnífico! Esse teclado deve ter uns 5 mm de espessura, de tão fino que é. Achei legal também no site da Apple a tiradinha que eles fizeram, colocando os símbolos do alumínio e dos compostos do vidro, como na Tabela Periódica.Como esperado, as especificações de hardware foram dramaticamente melhoradas. Processadores Intel Core 2 Duo de 2.0 ou 2.4 GHz e um modelo por encomenda equipado com 2.8 GHz Intel Core 2 Extreme. Placas de Vídeo AMD/ATI HD (última geração), até 4 GB de RAM e 1 TB de HD completam o monstro. E adiós telinhas medíocres… só monitores 20″ e 24″ a partir de agora.

Não posso dizer que estou desolado com o novo iMac, afinal é uma máquina dos sonhos (falando do hardware), mas, pra mim, falhou num dos pontos fortes da Apple: o design. Posso até ficar mais simpatizado pela borda preta horrorosa da tela, mas assim como ainda não engulo o design dos novos Nanos, acho que essa será minha opinião dos novos e poderosíssimos iMacs.”

Sabe Marcus, infelizmente, dessa vez, o design só vai me conquistar na segunda, terceira ou quarta olhada. Foi um pouco frustrante pra mim. Em geral, a Apple lança produtos de cair o queixo na primeira olhada. Por enquanto, veja bem, por enquanto, eu também não gostei dessa moldura preta não. Mas, como muitas vezes acontece quando ouço algumas músicas, eu posso mudar de opinião depois de uma apreciação mais detalhada.

Porém, tenho que admitir: por enquanto, eu também preferia ter um desses aqui.

O iMac falso mais bonito!





O novo iMac será assim?

3 08 2007

Muita gente anda especulado ultimamente que a Apple está pra lançar uma nova linha de iMacs, ainda mais bonitos que os atuais. Alguns, ou muitos, inclusive, apontam para um novo conceito no design, saindo do atual branco com aquela camada de policarbonato transparente e brilhante para um visual prateado, algo como aço escovado.

Em alguns sites eles chegaram a fazer uma tabela de “ociosidade” dos modelos, comparando a janela de tempo entre lançamentos da Apple, o que reforça ainda mais a idéia de que, sim, a poderosa de Cupertino lançará “the so rumored brand new iMac”. E como no mundo da maçã mais influente do mundo não faltam geek-fans prontos para dar seus palpites mais construtivos, digamos que eles muitas vezes “reconstroem” produtos Apple altamente compráveis, se saíssem do mundo das animações e fosse para as prateleiras das Apple Stores e afins.

E dessa vez mais um usuário mostrou ser capaz de criar um mito, uma lenda: o design do iMac G6.

Me digam se vocês não comprariam um desses? Está lindo não?





Salve seus arquivos online via Mozy Free Backup

16 05 2007

Mais uma dica que eu peguei através do Macmagazine que vai ajudar muitos de vocês, interessados em salvar seus arquivos online e necessitam de espaço e liberdade. Há muito tempo as contas de e-mail vêm crescendo, oferecendo gigas e gigas de espaço pros seus arquivos, como forma de atrair usuários para uso do email como um serviço de backup online. O único problema é que cada e-mail enviado, tem um limite de anexo, te deixando “na mão” com 10MBs. E se você quiser enviar um vídeo? Não pode…

Pensando nisso é que surge um serviço chamado Mozy. Ele oferece 2GB de espaço gratuito, acesso online aos seus arquivos, agendamento dos backups e, o mais importante, oferece backups para arquivos de até 3GB! Adeus á todas as complicações de email né?!

O programa funciona assim: Você faz o seu cadastro no site do Mozy, depois baixa o programa, usando, claro, a opção free que te dá 2Gb de espaço e instala. Simples. Após isso, é só verificar no próprio programa instalado na sua máquina, quais pastas deseja fazer Backup via Mozy. E se você quiser mais espaço na sua conta Mozy, é só convidar seus amigos pra usarem o programa. Pra isso, eles precisam fazer o cadastro, o download e fazerem algum backup de arquivo. Feito isso, por esse único usuário você ganhará 256MB de espaço. Ou seja, a cada 4 usuários cadastrados, você ganha 1GB! E não há limites, por enquanto, de convites. Isso quer dizer que se você conseguir 8 usuários pro serviço, você terá 4Gb de espaço, e assim vai…





Conexão WiFi ponto-a-ponto

7 05 2007

Aí vai mais uma notícia tech pra ninguém botar defeito. Notícia essa, que vai agradar bastante alguns amigos meus. Aliás, para os mesmos amigos gostaria de esclarecer aqui uma dúvida antes:

Uma amiga recentemente comprou a máquina dos meus sonhos em sua recente viagem. Era um Macbook. Pra quem não sabe, Macbooks são os laptops da Apple. Indo ao ponto: sua dúvida era, em se tratando de notebook e sua mobilidade, o que ela precisaria fazer pra poder se conectar em casa, no quarto, na sala, enfim. O grande entrave, pra ela, seria o fato de ter que assinar o plano OiVelox Wifi. Para você ter uma conexão sem-fio na sua casa você NÃO precisa aderir a esse plano. Isso pega muita gente de surpresa colocando-os a gastar mais desnecessariamente. Pra se conectar livremente na sua casa, você simplesmente precisa de um Access Point, ou seja, um roteador de redes sem-fio, que tem aquela anteninha brega nele. SÓ!

O plano OiVelox WiFi é para você ter acesso sem fio nos hotspots pagos que existem por aí. No entanto, você, caso tenha a sorte, pode encontrar um hotspot (que são locais de acesso wifi que existem em bares, shoppings, hoteis…) gratuitos. No Rio, só existem em 3 locais. Já em São Paulo… São 249! Mais até que em Nova York, acreditam? E em Niterói, não tem!

Quanto ao real motivo desse post, é uma notícia que agrada quem tem um notebook e quer se conectar a outro sem a necessidade de um roteador. Agora isso é possível graças ao software desenvolvido pelo Instituto de Tecnologia Technion, de Israel. Sim, lá também existem cientistas e pessoas de bem trabalhando a favor do desenvolvimento.

O programa permite a conexão entre duas máquinas a uma distância de até 100 metros em ambientes fechados, ou até 300 metros em ambientes abertos.

“A comunicação sem-fio ponto-a-ponto é interessante mas, segundo os cientistas, ela não é largamente utilizada pela grande dificuldade de configuração. O programa WiPeer facilita esse processo de configuração.”

Segundo os mesmos desenvolvedores, o WiPeer não vai parar por aí! “Nós queremos levar isto para o maior número possível de pessoas,” diz o professor Roy Friedman. “Quando há dois computadores na mesma sala, não faz sentido que eles tenham que se conectar à Internet para se comunicar. A grande vantagem do WiPeer é sua capacidade de manter as coisas locais.”

Partindo do mesmo princípio, eles querem evoluir o WiPeer para atender aos aparelhos celulares! “Isso permitirá que os usuários se comuniquem sem necessidade da operadora, fazendo chamadas gratuitas para amigos que estiverem nas proximidades, como em escolas, parques de diversão e até no interior de grandes empresas.”

Me amarrei! Ah, querem saber de mais uma coisa: É GRATUITO! E você baixa ele aqui.





“O usuário médio de computador tem o cérebro de um macaco-aranha”

5 05 2007

É isso que o Tio Bill pensa de você! E é assim que ele te vê. Bonito, não?!

Não bastasse toda a merda que ele lança e tenta promover, é isso que o Bill Gates acha da maioria de seus usuários.

“Vamos encarar uma coisa: o usuário médio de computador tem o cérebro de um macaco-aranha”

Querem saber o que ele acha do seu papel no mundo? Hmmm, adivinhem!

“Eu tenho 100 bilhões de dólares. Você acredita que eu poderia gastar 3 milhões de dólares por dia, todos os dias, pelos próximos 100 anos? E isso se eu não ganhar mais nenhum centavo. Vou te dizer uma coisa: vou comprar seu braço direito por um milhão de dólares. Eu vou te dar um milhão de pratas e decepo seu braço aqui mesmo”

Essas e outras frases polêmicas declaradas pelo homem mais rico do mundo foram divulgadas pela revista norte-americana Netword World. Em português, as outras frases vocês conferem aqui.

Sinceramente, eu não sei como eu me sentiria com US$ 100.000.000.000,00…